Skip to content

Aspectos dos perfis para construção a seco que melhoram o seu rendimento.

Os perfis que constituem a estrutura de tabiques, tetos e revestimentos de paredes de construção a seco revestem-se de grande importância, já que proporcionam a resistência estrutural que esses sistemas devem possuir, indispensável para suportar as cargas atuantes.

Portanto, devem cumprir com requerimentos de resistência estrutural e de forma que estão estabelecidos na Norma ABNT NBR 15217.

Entre os aspectos mais importantes, a norma fixa em 0,5 mm (chapa base) a espessura mínima de montantes, guias e ômegas. Também estabelece as massas mínimas por metro linear que devem atingir os perfis principais.

Existem algumas características que não estão especificadas na Norma, e porém contribuem num melhor desempenho no processo de instalação.

Como exemplo vamos mencionar duas: a telescopicidade e a presença de uma nervura central nas mesas.

  1. Telescopicidade

É a propriedade que permite montar dois montantes entre si sem necessidade de utilizar uma guia a modo de união, para construir tabiques de altura superior a 2,6 m, que é a longitude standard desses montantes. Para que um perfil montante possua essa propriedade, suas mesas e bordas devem ter dimensões que permitam o encaixe na zona de superposição sem que os perfis deslizem, mas também garantindo um ajuste que permita corrigir a longitude da zona de superposição.

A telescopicidade é mostrada na seguinte figura:

telescopicidade

  1. Nervura central nas mesas de montantes

Como em qualquer perfil de chapa delgada, a presença duma nervura central nas mesas e na alma dos montantes e guias Drywall da Barbieri do Brasil oferece-lhes rigidez extra sem aumentar o peso.

nervo

Essa nervura central cumpre duas funções:

A. Enrijecer o perfil, aumentando a sua resistência à flexão, ou o que é igual, reduzindo a sua deformação ante as cargas atuantes.

As simulações por elementos finitos realizadas mediante software especializado, mostram que em igualdade de cargas, um perfil com nervura central reduz em 11% a flecha por deformação em relação ao mesmo perfil sem nervura. Portanto: se consegue maior rigidez sem aumentar a massa.

Deformação Montante 69 com nervura: 0,9926 mm.

con-nervio

Deformação Montante 69 sem nervura: 1,125 mm.

sin-nervio

B. Ajuda a centralizar as placas

As juntas entre as placas de gesso devem estar centralizadas com relação aos montantes.

A presença da nervura nessa posição, indica ao instalador o limite para a colocação da placa.

Os perfis Drywall da Barbieri do Brasil são os pioneiros do mercado brasileiro com nervura nas mesas, facilitando assim o processo de instalação, reduzindo tempos e aumentando a rigidez à flexão do tabique final.

Acesse aqui e conheça os produtos da Barbieri do Brasil

pedrazzi

ENG. FRANCISCO PEDRAZZI
(GERENTE DE MARKETING E NOVOS PROJETOS DA BARBIERI)

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *