Skip to content

Lembranças de Arduín Darío Barbieri

Hoje fazem 5 anos da partida do nosso fundador e mentor, Arduín Darío Barbieri. Um homem que lembramos com muito carinho, não só pela sua participação no nascimento e desenvolvimento dessa empresa, mas também pelos seus grandes valores.

Darío era um homem que acreditava no trabalho; que entendia que a sua função à frente da empresa tinha sentido na medida que ajudasse a melhorar a vida das pessoas. Nesse aspecto, era um verdadeiro humanista.

Já desde seus inícios na oficina de Ramos Mejía, a sua filosofia empresarial se caracterizou por cuidar da qualidade tanto dos seus produtos como das relações que mantinha com os seus clientes. Procurava estreitar laços baseados na confiança e na transparência, e não poucas vezes seus clientes acabavam se transformando em verdadeiros amigos.

Quando a empresa, já instalada em Lanús, começou a crescer, Darío formou a sua primeira equipe de trabalho. E ali colocou em prática uma política que se converteu em um característica essencial da personalidade da empresa: “as pessoas em primeiro lugar”. Darío sabia que o bem-estar dos seus funcionários era a chave para o sucesso do seu empreendimento, e por isso se ocupou sempre de que as condições de trabalho fossem as melhores possíveis. Havia, sem dúvida, um desejo sincero de procurar o bem naqueles que o acompanhavam dia a dia na materialização do seu sonho.

Esse cuidado pelo outro reflete uma grande vontade por dignificar o trabalho. E ainda hoje, mesmo depois das grandes mudanças sofridas pela empresa em todos esses anos, são honrados esses mesmos valores e as pessoas continuam sendo colocadas em primeiro lugar. Barbieri cuida do que mais valoriza e promove, dessa forma, uma política de retenção táctica. Isso faz com que grande parte dos seus funcionários a acompanhem desde seus inícios, e que constitui, para muitos, a chave desse presente venturoso.

Honestidade, transparência, respeito, solidariedade e compromisso: esses são os princípios que Darío cultivou na sua empresa, e também na sua família.

Aqueles que o conheceram podem garantir de que era guiado por um grande sentido de responsabilidade, e que mediante o seu trabalho procurou honrar aquilo em que acreditava.

Não é frequente encontrar pessoas que encarnem aquilo que predicam. Mas se a vida coloca alguma no nosso caminho, devemos nos sentir afortunados: ali há alguém que pode nos ensinar algo valioso.

O exemplo de Darío perdura entre nós, ainda hoje.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *