Skip to content

Steel Framing e os raios

Existem numerosos mitos acerca dos raios, e suas maiores ou menores probabilidades de acertar sobre determinado tipo de construções.

Um desses mitos é que os prédios metálicos, e o Steel Framing poderia se dizer que é uma variedade deles, atraem os raios. Isso é baseado na propriedade que tem o metal de conduzir a eletricidade.

A realidade é que a probabilidade de um raio cair no prédio metálico é exatamente igual a probabilidade de cair num prédio de um outro material e com a mesma morfologia.

Na verdade, quando um raio cai num prédio metálico, as probabilidades de danos nas estruturas relacionadas diminuem.

Existem diversas ações para diminuir o potencial de queda de raios, mas uma vez que o prédio é atingido, a integridade estrutural e a segurança dos ocupantes dependem em grande parte dos materiais com os quais ele foi construído.

Tal como já foi dito anteriormente, existe uma confusão acerca do comportamento dos prédios metálicos, porque o aço é um conduto, e portanto acredita-se que é um material menos seguro. A realidade é que acontece exatamente o contrário.

Devido ao fato do aço ser condutor, a potência da descarga elétrica é distribuída por toda a estrutura, em vez de se concentrar toda num único lugar. Isso ajuda na difusão do impacto total da descarga. A eletricidade viajará quase instantaneamente através do material condutor até o solo.

Se os materiais da construção são combustíveis, o resultado é com frequência um fogo destrutivo. Com a construção em aço, e a vinculação com outros materiais resistentes ao fogo: placas de gesso, lã de vidro,etc., o prédio tem mais probabilidades de resistir à um impacto de raio do que os demais prédios de madeira, inclusive os de concreto ou alvenaria, nos quais a intensidade da descarga se concentra no ponto onde atingiu o raio, produzindo danos maiores.

Acesse aqui e conheça os produtos da Barbieri do Brasil

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *